'Silvio de Abreu destruiu meu marido e será destruído por Deus', diz mulher de Stênio Garcia

'Silvio de Abreu destruiu meu marido e será destruído por Deus', diz mulher de Stênio Garcia
11 dezembro 12:00 2020 Imprimir notícia
Famosos

Esta coluna de seis leitores procurou Marilene Saade, mulher do Stênio Garcia, para perguntar sobre a possibilidade de o ator retornar a Globo, após a 'pedra no sapato' dele, o diretor de dramaturgia Silvio de Abreu, ter anunciado sua saída da emissora para se aposentar. Marilene garante que não há chance de volta.

"Depois que mandam embora, após 47 anos, nenhuma empresa faz outro contrato de prazo indeterminado. Não existe essa possibilidade. O Silvio tinha que ter saído antes dos sete anos que ele deixou meu marido sem trabalho e vivendo de salário base. Eu sem querer escrevi no feed (do Instagram - o motivo da briga entre Silvio e Stênio) e o Silvio cortou a cabeça dele por minha causa. Por obra certa a gente não sobrevive e não interessa. Recontratar? Não existe essa possibilidade. Sem vacina então, nem por obra certa. Ter contrato e certa estabilidade, plano de saúde... é bem melhor pra nós, que vivemos só disso", disse a atriz à coluna.

Mari ainda acredita que Silvio de Abreu vai pagar por todo o tempo que deixou Stênio na 'geladeira' da Globo sem poder atuar em novas obras com o destaque que merecia. "O Silvio destruiu meu marido e será destruído por Deus. Ele é rico, não precisa trabalhar. A gente precisa. Mas confio na justiça divina e ele vai pagar caro. A saída dele da emissora todos já sabiam que era questão de tempo, mas pro meu marido essa saída foi tarde demais. Sorte de quem ficou. Saindo a vacina vamos ter que encontrar um caminho. Esse ser chamado Silvio foi tão cruel com o Stênio que só Deus mesmo. Entregamos pra Deus".

A novela 'Salve Jorge' (2012) foi a última em que Stênio esteve no elenco do início ao fim. Naquele mesmo ano ocorreu a transição da direção da dramaturgia da emissora, que passou de Manoel Martins para Silvio de Abreu. Desde então, o ator garante nunca mais ter trabalhado em uma obra completa da casa, fazendo apenas participações, como em 'Deus Salve o Rei'.

A briga entre Silvio e Stênio se arrasta há anos, especificamente desde 1968, quando o autor teria ficado inconformado com a separação da atriz Cleyde Yáconis com Stênio e teria tomado as dores da amiga. Cleyde foi largada por Stênio após 10 anos de casamento de forma imatura: ele comunicou sobre o divórcio através de um bilhete em um papel de pão pois, segundo Mari Saade, era um "homem novo e, por isso, covarde".

PORTAL  SBN | COM INFORMAÇÕES DO O DIA 

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês