Donos de carros encontrados em lago afirmam que foram vítimas de roubo

Donos de carros encontrados em lago afirmam que foram vítimas de roubo
15 outubro 11:59 2020 Imprimir notícia
Brasil

Os donos de alguns dos carros que foram encontrados no lago de uma pedreira desativada em Salto de Pirapora (SP) afirmaram, durante depoimento, que foram vítimas de roubo, segundo a Polícia Civil.

De acordo com o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), cinco proprietários foram ouvidos até o momento. Conforme apurado pelo G1, há denúncias de que o local era usado para desovar veículos usados em golpes de seguradoras.

Durante a perícia, foram encontrados rádios, volantes, câmbio e bancos de couro, o que não é comum em veículos roubados ou furtados, já que os criminosos tendem a retirar as peças. Segundo a polícia, isso reforça a hipótese de "golpe do seguro".

Se comprovado que os veículos fizeram parte desse tipo de golpe, os donos podem responder por pelo menos dois crimes: estelionato e falsa comunicação.

Trabalho da perícia

Segundo o perito Luis Gustavo, um laudo detalhado do exame metalográfico, nome dado ao procedimento com a finalidade de recuperar a numeração original, será emitido à investigação.

"A dificuldade foi o estado de conservação dos veículos. Todos com lama, amassados e dificuldade para abrir o capô. Tudo isso para acessar a base onde estavam os números de registro", explicou ao G1.

Os quatro carros que ainda não haviam sido vistoriados foram periciados no dia 2 de outubro. O trabalho deveria ter sido finalizado no dia 1º, mas os veículos precisaram ser desempilhados, o que dificultou o serviço.

Dos carros encontrados, ao menos oito estão em nomes de seguradoras e com queixa de roubo ou furto. Além disso, pelo menos dois veículos apresentaram sinais de adulteração.

Retirada

Os carros apareceram no local quando o nível da água da antiga pedreira baixou devido à estiagem e também ao trabalho de captação para abastecimento de três cidades. Entre eles, alguns tinham placas de Sorocaba (SP), Votorantim (SP), Itaporanga (SP), São Paulo e Santa Bárbara d'Oeste (SP).

O trabalho para remover os carros e a moto achados na pedreira foi realizado no dia 25 de setembro e contou com o apoio da Defesa Civil e de peritos da Polícia Científica.

Para a força-tarefa de retirada foram usados um barco e uma retroescavadeira, responsável por içar os veículos até a margem, que fica a 50 metros de altura. Segundo a delegada Fernanda Ueda, a polícia acredita que outros veículos ainda estejam na região.

PORTAL  SBN

 

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês