Empreendedorismo e maternidade será tema de encontro em Vitória

Empreendedorismo e maternidade  será tema de encontro em Vitória
06 maio 15:18 2021 Imprimir notícia
Estilo de Vida

Proposta é promover networking e intercâmbio entre as mães empreendedoras, que poderão trocar experiências e compartilhar suas realidades e anseios ao conciliar as duas funções. Encontro vai acontecer nesta sexta-feira (7)

Não são poucos os desafios da mãe empreendedora, especialmente em tempos de pandemia. A necessidade de conciliar negócios e maternidade é realidade para muitas mulheres e, neste mês dedicado a elas, o assunto será tema de um encontro que vai reunir dez empresárias, nesta sexta-feira (7), no Empório B – Boutique Brechó, em Vitória.

Patrícia Motta e Cláudia Alves, que também são mães e empreendedoras, assinam a organização do evento e revelam que o tema proposto precisa ser debatido, afinal, este público, com seus negócios, faz diferença na economia e, muitas vezes, se vê rodeado de dilemas profissionais. “Nosso objetivo é propor um intercâmbio entre essas mulheres, oportunizar um momento em que elas falem sobre suas realidades, anseios, dúvidas e que até proponham alternativas para enfrentarem as dificuldades que possam surgir no mercado”, destaca Patrícia Motta. Ela explica ainda que no encontro haverá oportunidade para que as presentes pratiquem networking, iniciativa fundamental para o sucesso de qualquer negócio. “Elas vão poder compartilhar com seus serviços e produtos e, quem sabe, sair do encontro já com novos negócios engatilhados”, revela Cláudia.

Pandemia afeta mulheres empreendedoras

A empresária Cláudia Alves e a assessora de eventos Patricia Motta são as idealizadoras do encontro

Patrícia Motta relata que ainda é um grande desafio maternidade com a gestão do seu próprio negócio, especialmente em tempos de pandemia. E dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) confirmam essa percepção: de 2019 para 2020 cerca de 1,3 milhão de mulheres deixaram de estar à frente do seu próprio negócio e, uma possível explicação para essa ruptura no crescimento feminino no empreendedorismo é que elas passaram a se dedicar mais às atividades domésticas e ao cuidado de idosos durante esse período, o que representa um reflexo do machismo estrutural na sociedade.

“Temos planos de promover novos encontros, em formatos menores devido aos cuidados necessários para evitar a propagação do coronavírus. Em destaque sempre vão estar temas que refletem a realidade das mulheres empreendedoras, sempre com o objetivo de promover um lugar de fala e de troca de experiências”, afirma Patrícia Motta.

PORTAL SBN |  SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS 

Vote: você é a favor do impeachment de Bolsonaro?

SIM

NÃO

INDECISOS

Escreva 217 abaixo
Ver resultados

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês