I Fórum Regional promove debate sobre Sífilis

I Fórum Regional promove debate sobre Sífilis
26 outubro 10:39 2019 Imprimir notícia
Saúde

O anfiteatro do SESC foi o local escolhido para realizar o I Fórum Regional de Enfrentamento da Sífilis e o XI Fórum de Rede Cegonha da Microrregião de Porto Seguro, no dia 22/10. O relevante encontro, idealizado, promovido e sediado pela Secretaria de Saúde, em ação integrada ao Comitê Municipal de Prevenção da Transmissão Vertical do HIV, Sífilis e Hepatites Virais, teve a parceria do Núcleo Regional de Saúde, Secretaria Estadual de Saúde e representantes regional da Rede Cegonha.

Finalidade

O encontro reuniu diversos profissionais da saúde, dentre médicos e enfermeiros de Porto Seguro e municípios de Belmonte, Eunápolis, Itabela, Itagimirim, Itapebi, Santa Cruz Cabrália, além de representantes da Universidade Federal do Sul da Bahia, do Hospital Regional Luiz Eduardo Magalhães e Base Regional de Saúde de Eunápolis, no intuito de reforçar a construção de propostas e estratégias práticas que viabilizem o compartilhamento de ações na região da costa do descobrimento para a redução dos indicadores de Sífilis adquirida e Sífilis Congênita, com destaque para o manejo clínico e epidemiológico nas unidades de saúde e centros hospitalares, visando a significativa melhoria da saúde populacional ao combater as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

"Com grande satisfação nosso município tem a honra de sediar o I Fórum Regional de Enfrentamento da Sífilis e o XI Fórum de Rede Cegonha. Contamos com a presença de inúmeros profissionais de saúde, tendo a grande possibilidade de difundir espaços de discussão, monitoramento e cuidado, multiplicando suas experiências técnicas a fim de intervir diretamente na interrupção da cadeia de transmissão da sífilis, viabilizando a ampliação preventiva e tratamento aos pacientes", salienta a prefeita Cláudia Oliveira.

Mesa Diretora

Para a composição da mesa de abertura, as principais autoridades que compareceram ao evento: secretário de saúde, Kerrys Ruas, a secretária de saúde de Eunapólis e também representando o Conselho Estadual de Secretários de Saúde (COSEMS/BA), Márcia Quaresma, a presidente do Comitê Municipal de Prevenção da Transmissão Vertical do HIV, Sífilis, HTLV e Hepatites Virais, Beatriz Duarte, o coordenador do Núcleo Regional de Saúde do Extremo Sul, Rodrigo Kuada, a professora da Universidade Federal do Sul da Bahia, DrªRocio Elizabeth Chávez Alvarez e a coordenadora da Rede Cegonha região Porto Seguro, Eduarda Motta.

Em seu pronunciamento oficial, o secretário de saúde, Kerrys Ruas, destacou o empenho municipal reunido aos demais parceiros para viabilizar o fórum. "A realização desse encontro é uma estratégia inovadora, pois todos estamos aqui juntos pensando nas questões de combate à sífilis na costa do descobrimento. Tenho convicção que hoje serão difundidas experiências exitosas nessa perspectiva, ampliando as atividades preventivas, bem como o diagnóstico oportuno, tratamento adequado com as devidas notificações da doença mapeada no território", pontua.

Companhia de Arte Ed. Aquino

Dando sequência ao cronograma, a Companhia de Arte Ed Aquino, formada por adolescentes que desenvolvem trabalho musical em Porto Seguro, sobre prevenção às infecções sexualmente transmissíveis, gravidez indesejada, abuso de drogas e violência, apresentou paródia dando ênfase ao uso do preservativo como mecanismo principal de proteção ao sexo seguro.

Panorama da Sífilis

O fórum recebeu o biomédico e técnico da Secretaria Estadual de Saúde, Alex Miranda de Souza, responsável por explanar o cenário da sífilis no Brasil com ênfase no extremo sul da Bahia. Entre os indicadores, de acordo com o mapa da epidemiologia, destaque para 12 milhões de novos casos da sífilis por ano no mundo. Em Porto Seguro, 249 casos de sífilis adquirida computados em 2019. Os números da sífilis congênita no município em 2019, que é o contágio transmitido da mãe para o feto durante a gestação, somam 11 registros confirmados. A taxa de incidência de sífilis congênita em nascidos vivos foi 6,6 em 2018.

Palestras

A programação seguiu com a palestra da especialista em clínica médica e hepatologia, Draº Sandra Carvalho, médica do Serviço de Atendimento Especializado- SAE, em Porto Seguro, ao discorrer sobre o novo protocolo de diagnóstico e tratamento da sífilis em gestante. O médico responsável pela pediatria do SAE Ed. Aquino e neonatologista do Hospital Deputado Luiz Eduardo Magalhães, Drº Marcelo Caetano do Valle, explanou abordando o tema Crianças expostas à Sífilis.

Experiências Exitosas

Porto Seguro expôs através da enfermeira do SAE Ed. Aquino, Silvia Daniela Lima da Silva, o Comitê Municipal de Prevenção da Transmissão Vertical do HIV, Sífilis, Hepatite B e C e HTLV, experiência exitosa desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento DST/AIDS e Hepatites Virais, sendo referência na assistência e tratamento aos portadores de infecções sexualmente transmissíveis no extremo sul da Bahia.

O encerramento do fórum ocorreu com a eleição do grupo de trabalho que construirá um Plano Regional de enfrentamento da Sífilis.

PORTAL SBN| SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS/ASCOM  

 

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês