Lideranças próximas a Casagrande devem polarizar em Guarapari

Lideranças próximas a Casagrande devem polarizar em Guarapari
14 agosto 12:29 2020 Imprimir notícia
Política

Com 80 mil votos e um total de 55 a 65 mil votos validos, Guarapari vai para as eleições 2020, com boas opções no cenário eleitoral. Sendo que um ator, na opinião de analistas políticos, será fundamental, o govenador Renato Casagrande (PSB). 

O Partido Socialista Brasileiro, de Casagrande, tem candidato próprio com o ex-vereador Gedson Merizio, que tem forte penetração na Igreja Católica e muitos contatos nas igrejas evangélicas. Um de seus carros-chefe de campanha é a engorda da Praia de Meaipe, que sofre com as marés altas. Obra já sinalizada como viável pelo Governo do Estado. Gedson tem boa aceitação em todas as classe, desde os fortes segmentos do setor imobiliário aos bairros populares.

Já pela visão dos analistas políticos o prefeito, que vai tentar a reeleição, Edson Magalhães (PSDB) – seria o quarto mandato, tem como maior trunfo ser um tocador de obras, ter a máquina a seu favor e, de maneira sábia, dizer em público que o nome do governador Renato Casagrande é sempre bem-vindo em seu palanque. 

Em uma situação de oposição ao Governo do Estado e à Prefeitura de Guarapari, aparece o deputado estadual Carlos Vom (Avante) que, segundo a mídia local, não vive um bom momento político. Von tem problemas em seu próprio partido para se candidatar, pois, a direção estadual do Avante é aliada de primeira hora do governador Casagrande. Observadores políticos avaliam que há quase dois anos como deputado, Carlos Von poderia ter feito mais pela Cidade Saúde. 

Outros
Por sua vez, o Coronel Ferrari (PSD), leva a bandeira da Segurança, ideário de simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro. Porém, tem rejeição por não ser considerado um forasteiro, segundo formadores de opinião da localidade.  

200

Outra opção para o cidadão de Guarapari é o vereador Oziel Souza (PSC), que além de ocupar uma cadeira no Legislativo, tem o pai como pastor influente no município e, em especial nas inúmeras igrejas de Guarapari. Defende conceitos e valores da família, segundo afirmam vários articuladores do mercado político.