Moradores de rua são metralhados na Serra

Moradores de rua são metralhados na Serra
26 novembro 06:56 2019 Imprimir notícia
Polícia

Na madrugada desta terça-feira (26), um grupo de moradores em situação de rua foi acordado com tiros de uma submetralhadora, efetuados por um homem ainda não identificado. O crime aconteceu rua na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, em Jardim Limoeiro, na Serra.

Não houve vítimas fatais, mas um homem de 25 anos que estava no grupo dos moradores de rua, foi ferido com um tiro na perna direita. De acordo com policia militar, a vítima disse que o responsável pelos tiros é um homem moreno e não estava com o rosto tampado e chegou dirigindo um veículo modelo Corsa.

Com arma – uma submetralhadora prateada, em punho ele atirou aleatoriamente em direção ao grupo. A Polícia Militar confirmou o caso e disse que foi acionada para verificar a ocorrência de disparos de arma de fogo no bairro.

Em contato com moradores de rua que estavam no local, a PM foi informada que um indivíduo desceu do carro e começou efetuar disparos a ermo. Até aquele momento, nenhum ferido tinha sido localizado.

Posteriormente, a Polícia Militar foi acionada novamente para comparecer a UPA de Carapina, onde um homem teria dado entrada, ferido por disparo de arma de fogo. Em contato com a vítima no local ela informou que estava na região onde ocorreu o fato, em Jardim Limoeiro.

A vítima relatou que estava sentada próximo a um posto combustível, quando ouviu barulho de tiros e, ao perceber o homem com a arma na mão, começou correr, foi quando teria sido atingida na perna. O homem foi socorrido por populares.

Nenhum suspeito foi localizado no momento do fato, a ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil para investigação.

O que diz a Polícia Civil

A Polícia Civil também confirmou o crime e disse que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Serra e, até o momento, a autoria e motivação são desconhecidas.

O Disque-Denúncia 181 é a melhor forma da população auxiliar a polícia com informações que levem à prisão do criminoso ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas. O anonimato é garantido e todas as informações são investigadas.

A rua em que o crime foi cometido é muito próximo ao Centro Pop, que atende moradores em situação de rua, e por isso, há grande aglomeração de pessoas nas redondezas.

PORTAL SBN | COM INFORMAÇÕES DO PORTAL TEMPO NOVO

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês