Luscivanio Lopes

Prisco causa na população baiana pânico e terror com sua loucura dizendo que a PM está em grave

Prisco causa na população baiana pânico e terror com sua loucura dizendo que a PM está em grave
12 outubro 06:48 2019 Imprimir notícia
Colunista

O movimento político criado pelo deputado Prisco neste mês (08/2019) na Bahia tem a intenção de criar clima de insegurança, colocando principalmente em risco a vida da população baiana, o ato é pessoal, acompnhado de uma vaidade irracional e irresponsável.

Na Bahia não há greve, quem conhece uma greve Militar sentiu na pele no Espírito Santo, a greve da Polícia Militar no estado capixaba deixou rastros de destruição no geral.

Somente no comércio houve uma perda de R$ 300 milhões. O valor não inclui as depredações e os assaltos. Pelo menos 300 lojas foram saqueadas e depredadas e o prejuízo calculado nesses casos gira em torno de R$ 30 milhões. Só na Capital, 200 estabelecimentos sofreram ataques. O Espirito Santo tem 78 municípios, dá para imaginar o terror que está sendo implantado em 417 municípios na Bahia!

Ainda não se saber o que está por traz de uma loucura insana desta magnitude do deputado, não há registro de adesão ao movimento grevista em nenhuma cidade baiana. Deixando claramente uma ação criminosa, onde o irresponsável pela ação acha que ganha popularidade com sociedade baiana.

Um movimento falso desta natureza causa grandes reflexos negativos imediatos e recaem na população das cidades baianas, causando pânico e terror, levando aos vândalos a saquear lojas e aumentar significativamente os homicídios, Prisco têm gerado espanto e perplexidade aos baianos, como nunca se viu antes.

As rotinas da polícia Militar foram alteradas, para não afetar principalmente o psicológico da população no estado.

Leia o que disse o Comandante Geral da Polícia Militar Anselmo Brandão aos atos do deputado que vem aterrorizando a população baiana.

"Ele é o responsável por essa onda de fake news. Não estamos em greve. Na troca de plantão ontem, 08/10/2019, não teve uma falta. Esse cidadão, de forma irresponsável, mobilizou 300 policiais, em sua maioria aposentados. Ele causou um prejuízo de mais de um milhão para o comércio na última greve. Se houver alguma violação do nosso regimento jurídico na questão da disciplina nós vamos tomar ações legais. Em Feira de Santana e Ilhéus não temos nenhuma mobilização. Ele se elegeu com essa bandeira do terror, mas a nossa tropa não vai cair mais nessa", asseverou Anselmo Brandão.

"Os policiais não vão entrar de novo nesta onda. Ele (Prisco) vai ficar com o discurso dele por si só. Ele permanece (no quadro da Polícia Militar) por uma questão da justiça. Foi reintegrado recentemente. É um deputado que nunca entrou em uma viatura, que pouco trabalhou e que não tem histórico de vivência policial, e que agora quer pousar como um mártir", criticou o Comandante Geral da Polícia Militar Anselmo Brandão.

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês