Rei da Tailândia liberta ex-amante oficial para se juntar ao seu harém em hotel

Rei da Tailândia liberta ex-amante oficial para se juntar ao seu harém em hotel
01 setembro 18:57 2020 Imprimir notícia
Mundo

O rei da Tailândia concedeu perdão a uma ex-guarda-costas para que ela pudesse se juntar ao seu harém em um hotel na Alemanha.

Maha Vajiralongkorn, mais conhecido como Rama X, está isolado há meses com dezenas de mulheres. Há relatos que a administração do hotel construiu especialmente para o monarca, de 68 anos, uma "sala de prazer".

De acordo com o jornal alemão "Bild", Rama X libertou Sineenat Wongvajirapakdi, de 35 anos, que havia sido detida, aparentemente sem motivo, quando o romance entre eles terminou, em outubro do ano passado. Há rumores de que Sineenat tenha caído em desgraça ao desejar alcançar o nível de rainha.

Além da prisão, Sineenat perdeu a patente de major-general à qual tinha sido promovida por seu envolvimento com o rei.

Sineenat, que também é piloto de avião, tornou-se oficialmente primeira-concubina tailandesa. Ela recebeu o cargo ao se ajoelhar aos pés do rei e diante da rainha, a ex-comissária de bordo Suthida.

A ex-amante desembarcou no sábado (29/8) em Munique (Alemanha) e foi levada imediatamente ao Grand Hotel Sonnenbichl, disse o "Bild". A comitiva do rei ocupa todo o quarto andar, sob forte esquema de segurança.

No trono desde 2016, Rama X tem fortuna estimada em R$ 183 bilhões.

PORTAL  SBN 

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês