Vereadores ouvem o secretário de meio ambiente sobre operação para retirada de óleo em Guriri

Vereadores ouvem o secretário de meio ambiente sobre operação para retirada de óleo em Guriri
06 dezembro 11:53 2019 Imprimir notícia
Legislativo

Na Tribuna da Câmara, o secretário municipal de Meio Ambiente Antônio Ricardo Cassa Louzada, fez na sessão ordinária de terça-feira (03/12), um breve balanço da operação de retirada dos resíduos de óleo que atingiram a praia de Guriri, em São Mateus, realizada em parceria entre Estado, Município e Governo Federal.

De acordo com o secretário, a situação está controlada, mas a Marinha permanecerá monitorando o balneário até o dia 20 de dezembro.

“A gente retirou de material sujo de óleo 3.7 toneladas. Existe algum material a ser retirado, de 200 a 300 quilos, mas agora está sendo muito mais monitoramento”, explicou Antônio Ricardo. “65 servidores da limpeza pública integraram o trabalho de coleta, junto à equipe do Ibama com 15 pessoas e 120 fuzileiros da Marinha”.

Rios protegidos

O secretário informou também que os resíduos, “felizmente”, não causaram poluição de mananciais. “O que entrou de óleo em nossos rios foi insignificante diante da possibilidade de se poluir a água”.

Preparação

Antônio Ricardo destacou a importância da preparação da equipe em reuniões e treinamentos bem antes da confirmação oficial de que o óleo chegaria ao litoral norte do Espírito Santo. “No dia 08 de outubro foi a primeira reunião que nós tivemos para discutir o óleo, um mês antes do óleo chegar aqui. Tivemos dois meses e meio de tempo para nos preparar. Em 25 de outubro o estado criou também uma comissão para discutir essa situação e as ações do município ficaram junto com as ações do estado, foi criado um grupo com o Ibama, a Marinha, a secretaria de estado de Meio Ambiente, o Iema, todas as secretarias de meio ambiente das cidades do litoral do estado, tivemos também entidades, uma série de associações participando”, concluiu.

Base

Com a preparação, a Marinha trouxe uma base para São Mateus, porque identificou que o primeiro lugar que poderia chegar o óleo, seria em Guriri, por características das correntes marinhas. “No dia 08 de novembro nós tivemos a confirmação do óleo que chegou aqui e começamos as ações na prática”, concluiu.

PORTAL SBN| SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS/ASCOM

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês