Jaqueline Moraes participa do lançamento de Selo Comemorativo dos 450 Anos da Festa da Penha

Jaqueline Moraes participa do lançamento de Selo Comemorativo dos 450 Anos da Festa da Penha
27 setembro 10:08 2019 Imprimir notícia

Em sua última atividade no período de interinidade, a governadora do Estado em exercício, Jaqueline Moraes, participou, na manhã desta sexta-feira (27/09), do lançamento do Selo Comemorativo dos 450 Anos da Festa da Penha. A solenidade aconteceu no Convento da Penha, em Vila Velha, que é o palco do maior evento religioso do Espírito Santo e uma das mais representativas do País.

O símbolo foi criado pela Comissão Organizadora da Festa e remete ao Santo Rosário, fiel companheiro das preces e caminhadas dos devotos – que representa a união, fé e devoção dos capixabas. O Selo estará estampado nas peças alusivas a próxima edição da Festa da Penha, marcando visualmente a data.

Na solenidade, Jaqueline Moraes lembrou que a Festa da Penha é motivo de orgulho para todos os capixabas e faz parte da identidade, cultura e história do Estado. “É uma alegria fazer parte deste evento que marca o início das atividades para organização deste evento tão importante, que é a Festa da Penha. E a partir do ano que vem passa a ser feriado estadual”, disse.

A governadora em exercício também comentou sobre a ligação do governador Renato Casagrande com a festa. “Quero dizer que essa é uma festa que o Governo do Estado tem muito carinho. O governador é católico e eu sou evangélica, mas sei da importância desse evento e de como ele congrega pessoas e famílias. Independentemente das questões religiosas, a Festa da Penha é um patrimônio histórico e cultural. Ninguém vem ao Espírito Santo e vai embora sem tirar uma foto no Convento da Penha. Sem sentir essa paz que esse lugar transmite”, enfatizou Jaqueline Moraes.

“O Selo é uma das novidades que serão anunciadas até abril de 2020. Todos os nossos esforços, tanto da comissão organizadora da Festa da Penha, quanto dos parceiros e patrocinadores envolvidos, são no sentido de tornar esse um momento ainda mais especial. Afinal, a fidelidade e o amor do capixaba à Nossa Senhora da Penha merecem todas as nossas honras”, explicou Frei Paulo Pereira, guardião do Convento da Penha.

Tradição capixaba

A primeira edição da Festa da Penha foi em 1570. Desde a época de Frei Palácios até os dias atuais, a celebração evolui junto com a história do Espírito Santo, fazendo parte da tradição e identidade do povo capixaba. Em 2020, as homenagens à Padroeira do Estado acontecem entre os dias 12 e 20 de abril. Reunindo cerca de 2,5 milhões de pessoas, como na última edição, em 2019, também movimentam a economia da região e reforçam o segmento do turismo religioso regional e nacional.

São nove dias de evento com uma vasta programação, que inclui missas, apresentações culturais, romarias e muito mais. Uma festividade plural, representativa do povo capixaba e que renova sua tradição a cada nova geração.

Participaram da solenidade, o diretor-presidente da Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan), Carlos Aurélio Linhalis; o subsecretário de Estado do Turismo, Gedson Queiroz Merizio; representantes de outros órgãos públicos, empresas e de Igrejas Diocesanas e Mitras.

PORTAL SBN | SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS/ASCOM

Deixe seu comentário

Leia também