Porto Seguro ficou mais rosa com a cavalgada da 4ª Montaria Feminina

Porto Seguro ficou mais rosa com a cavalgada da 4ª Montaria Feminina
21 outubro 14:29 2019 Imprimir notícia

Porto Seguro mais uma vez ficou rosa com a cavalgada da 4ª Montaria Feminina Laçada Bruta que aconteceu neste sábado, 19/10, onde cerca de 150 amazonas desfilaram pelas principais ruas da cidade em alusão ao Outubro Rosa compondo uma agenda positiva de alerta e combate ao câncer de mama e de colo do útero.

O evento integrou a programação da Campanha que tem mobilizado diversos órgãos municipais com objetivo de sensibilizar a comunidade acerca dos cuidados e prevenção ao câncer de mama, alertando as mulheres sobre a importância da realização do autoexame, qualidade de vida, autoestima e a adoção de hábitos e alimentação saudável.

A concentração e saída da montaria aconteceram às 15h, próximo ao Bar do Dedé. De lá percorreram ruas do centro e seguiram rumo ao povoado de Imbiruçu de Dentro. Entre as participantes havia mulheres de todas as idades, inclusive mães com crianças que demonstravam pura diversão.

Clique aqui para ver ou abaixar todas as fotos

O evento foi prestigiado pela prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira e pelo secretário municipal de Relações Institucionais, Maurício Pedrosa. "Parabenizo a Montaria Feminina Laçada Bruta pelo lindo movimento e o empenho na causa do Outubro Rosa", destacou Maurício, dando apoio à organização para que a cavalgada fosse um sucesso, reforçando que a Montaria Feminina fará fazer parte do calendário Outubro Rosa nas próximas edições.

A organizadora, Márcia Santos Souza, falou da sua satisfação em ver o Laçada Bruta consolidado e ter o grupo já envolvido em ações sociais da cidade. “Viemos dar o recado do Outubro Rosa e mostrar que a mulher precisa ter atitude e fazer o que gosta, sendo exemplo de empoderamento para quem hoje precisa de força para enfrentar o câncer”, diz, agradecendo a prefeita Cláudia Oliveira pela parceria através da Prefeitura de Porto Seguro.

PORTAL SBN | SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍAS -ASCOM

Deixe seu comentário

Leia também