facebook twitter youtube instagram telegram whatsapp linkedin
Portal SBN
Quarta, 20 de outubro de 2021, 16:15:21

Morte de criança de 2 anos é investigada em São Mateus

Segundo a PM, madrasta disse que não conseguiu acordar menino pela manhã e acionou Samu. Criança tinha traumas em partes do corpo, como cabeça, braço, tórax, no rosto, olhos e boca
WhatsApp Telegram Facebook Twitter Linkedin
Polícia - São Mateus

Um menino de dois anos foi encontrado morto dentro de casa na manhã desta quarta-feira (25/05/2022), no bairro El Dourado, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo. A Polícia Militar informou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado pelo pai e pela madrasta após a criança não acordar. Segundo relatório do Samu, menino estava com traumas em partes do corpo, como cabeça, braço, tórax, no rosto, olhos e boca. A morte foi confirmada no local e a polícia investiga a causa.

Em relato à Polícia Militar, o pai do menino disse que estava trabalhando quando foi avisado sobre a morte do filho, e que a criança estava com vida quando ele saiu de casa. A madrasta da criança contou aos policiais que por volta de 9h desta quinta-feira, ao tentar acordar o enteado como de costume, o menino não respondeu. Ela retirou a coberta de cima dele e o viu com lábios pálidos.

No Boletim Unificado (BU) registrado pela PM, os militares que atenderam a ocorrência relatam que, quando estavam na casa, um irmão da criança, um menino de 9 anos, chegou da escola, apresentando uma lesão no pescoço e outra no olho. Um dos policiais perguntou como ele havia se machucado, mas a criança demonstrou medo e disse que não sabia, segundo consta no registro.

Testemunhas informaram para os militares que viam, constantemente, a mulher agredindo as crianças. O Conselho Tutelar foi acionado e recolheu o menino de 9 anos e outra criança que estava na casa, uma menina de 4 anos, filha da mulher.

Procurada pela reportagem de A Gazeta, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado como encontro de cadáver. O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para ser feito o exame cadavérico. Apenas após os exames será possível confirmar a causa da morte.

PORTAL SBN | COM INFORMAÇÕES A GAZETA