Aumentos de IPTU e salários dos vereadores geram reação da população em Cariacica

Aumentos de IPTU e salários dos vereadores geram reação da população em Cariacica
10 janeiro 20:27 2022 Imprimir notícia
Política

O Projeto de Lei aprovado na última segunda-feira - 03 pela Câmara Municipal de Cariacica que aumentou em 68% os salários dos vereadores, além do aumento de 28% da Verba de Gabinete passando de 25 mil para até 32 mil já para este ano, começa a causar reação na população do município. Outra insatisfação da população foi o aumento do valor do IPTU em até 100%. Aumento foi aprovado no final de dezembro.

Na tarde desta segunda-feira, 10, teve início o que promete ser uma sequência de manifestações contra os aumentos. Um grupo de cerca de 30 manifestantes esteve em frente à Prefeitura, na BR 262 e em frente à Câmara Municipal gritando palavras de ordem e com cartazes criticando as decisões do Parlamento e do Executivo.

O aumento no salário dos vereadores passa a valer na próxima legislatura que começa em 2025. O salário dos vereadores passa de R$ de R$ 8.016,94 para R$ 13,5 mil. O número de assessores também sobe de 12 para 15.

Apenas o começo

Para o empresário Thiago Amurim, por ser a primeira manifestação foi esperado um pequeno número de participantes. Ele afirma que outros eventos serão agendados e que, naturalmente, mais pessoas compareçam às manifestações.

“Foi muito positivo este primeiro dia de manifestação pelo direito da população em geral. Estamos aí na luta para avançar na organização e fazermos outros movimentos e brigar por nossos direitos e para sermos respeitados! Outros movimentos irão acontecer no decorrer da semana”, garantiu.

Presidente da Associação de Moradores do Bairro Jardim América, um dos mais tradicionais de Cariacica, Arilton Rapozo Rodrigues Júnior, conhecido como Rapozão, afirma que a população cariaciquense tem motivos para estar decepcionada.

"O aumento de 68% no salário dos vereadores e o aumento de 28% no valor da Verba de Gabinete e o aumento do número de assessores, deixa o município indignado. A decisão insensata dos vereadores que compõem a respeitada casa de leis do nosso município, aprovada no apagar das luzes, gerou uma grande insatisfação na cidade. O Presidente da Câmara deveria trazer o tema para uma ampla discussão junto a sociedade cariaciquense e seus pares, antes de colocar o assunto em votação. Há casos em que um fato pode ser legal, mas, é imoral", destacou Raposão que cumprimentou os vereadores Sérgio Camilo (PRTB) e Lei (DEM), os únicos que votaram contra o aumento.

Tapa na cara

Presente nessa primeira manifestação, a professora Léia Vitoriano afirma que as medidas são injustas num momento em que se pede solidariedade de todos. Para ela, o momento é de economizar e todo aumento incomoda.

“Esse aumento, neste momento, não é cabível! A sociedade está pregando solidariedade e empatia com o próximo porque a gente vê a população que não tem nem o que comer. Por isso esse aumento, em uma população tão carente, é abusivo, tanto do IPTU quanto dos salários dos vereadores. Pra ser sincera, isso é um tapa na cara da sociedade. Eu me senti agredida”, relata a professora.

Imoralidade

Para André Oliveira, morador do Bairro Aparecida, na região 1 do município as inciativas da Câmara e da Prefeitura quanto aos aumentos dos salários e do valor do IPTU são abusivos, porém, considera o aumento de salário dos parlamentares mais desrespeitoso com a população.