Coisas que os pais nunca devem dizer aos filhos

Coisas que os pais nunca devem dizer aos filhos
03 dezembro 14:01 2021 Imprimir notícia
Estilo de Vida

Criar filhos pode ser muito difícil. Inclusive, é seguro dizer que todos nós perdemos nossa paciência de vez em quando e certamente todos cometemos erros. Mas há muitas coisas que dizemos às crianças que podem realmente magoá-las e afetá-las no seu desenvolvimento pessoal.

É preciso ter cuidado em não descarregar as nossas frustrações sobre eles, mas algumas formas de elogio também podem ser prejudiciais.

Veja o que os especialistas têm a dizer sobre as coisas que não devemos dizer aos nossos filhos.

"O que há de errado com você?" -

"Quando um adulto de confiança - uma pessoa de quem a criança depende para tudo - indica que algo está errado com ela, a criança vai internalizar isso e acreditar. Elas se perguntarão o que há de errado com elas - e não serão capazes de encontrar a resposta", explicou a terapeuta familiar Karyl McBride, 

"Você está sendo muito sensível" -

A criança provavelmente vai achar que não pode confiar ou expressar seus sentimentos, porque está errada. Isso pode ser prejudicial porque a criança vai acreditar que há algo realmente errado com ela.

"Me deixe em paz" -

Se disser muito isso, você arriscará que seu filho faça isso de forma permanente. Se você está sempre indisponível, então não adianta lhe procurar, certo?

"Não coma isso ou você vai engordar" -

Esta é uma ótima maneira de iniciar um transtorno alimentar em seu filho. É responsabilidade dos pais o que dar de alimentos aos filhos. As crianças não devem se preocupar com sua imagem corporal e fazer dieta.

"Pare de ser um bebê" -

Não se espera que as crianças se comportem como adultos. Mesmo que elas estejam se comportando de maneira "muito infantil", talvez haja um motivo para isso. As crianças podem voltar aos velhos padrões de comportamento quando estão ansiosas, nervosas ou com medo.

"Você me deixa louca, furiosa" -

Nas palavras do psicólogo Timothy Gunn, "A principal tarefa de um pai é manter a calma, não importa o que aconteça". Isso mostra aos nossos filhos como queremos que eles se comportem.

"Você está me deixando triste" -

Seu bem-estar emocional é responsabilidade sua, não do seu filho. É positivo que as crianças entendam que seu comportamento afeta outras pessoas, mas isso é diferente de serem responsáveis pelos sentimentos dos pais.

"Estou decepcionado com você" -

As crianças não são responsáveis por seus sentimentos, incluindo sua decepção. Dizer isso só os fará se sentir mal e culpados.

"Você foi muito bem na prova, mas por que não é assim o tempo todo?" -

Você pode arruinar qualquer reforço positivo com um "mas". Claro, você deve encorajar seus filhos a fazerem sempre o melhor, mas espere outro momento para isso. Deixe-os curtir sua vitória, seu momento de glória e mostre orgulho.

"Faço tudo por você" -

O verdadeiro problema é que a criança sempre se sentirá culpada se fizer algo "errado" que possa aborrecer a mãe ou o pai. Afinal, eles são altruístas, certo?

"Eu nunca vou dizer não para você" -

As crianças precisam de limites e você só conseguirá impor alguns deles dizendo "não" às vezes.

"Não sei como vamos pagar as contas este mês" -

Os filhos não precisam saber os detalhes das dificuldades financeiras dos pais. Isso só vai deixá-los ansiosos.

"Vou deixar você aqui e volto já" -

Isso raramente terá o efeito desejado: que a criança venha com você. Em vez disso, fará com que ela se sinta menos segura e que você não se importa com ela. Sentir-se abandonado não é bom.

"Você pode ser o que quiser" -

É ótimo incentivar as crianças, mas tenha cuidado com metas excessivamente ambiciosas. Tudo bem se elas não se tornarem a próxima estrela do esporte, um médico ou um empresário bem-sucedido. Elas ainda podem ser ótimas.

"Você é muito melhor que os outros" -

"As crianças acreditam quando seus pais lhes dizem que são mais especiais do que os outros. Isso pode não ser bom para elas ou para a sociedade", diz Brad Bushman, professor de comunicação e psicologia.

"Está tudo bem" -

Se seu filho está chorando e claramente chateado, dizer a ele que está tudo bem para acalmá-lo não ajudará. Primeiro reconheça que de fato algo não está bem e depois tente descobrir o motivo.

"Você é igualzinho ao seu pai / mãe" -

Isso é manipulador e forçará seu filho a escolher lados, ao mesmo tempo que ele se sentirá horrível pelo fato de que ele também compartilha a tal característica ruim que sua mãe ou pai tem.

"A prática leva à perfeição" -

Embora seja uma boa ideia incentivar seus filhos, você pode administrar suas expectativas. Eles podem se descobrir que são bons em algo praticando e não alcançando a perfeição e questionando se são bons o suficiente.

"Você devia se envergonhar" -

Vergonha não é algo que as crianças entendam, mas entenderão. E quando sentirem, elas podem se tornar desafiadoras e até agressivas.

"Você nunca será diferente" -

Cuidado ao usar palavras como "nunca" ou "sempre". "Declarações como essas colocam as crianças em uma caixa de negatividade ou permanência, sugerindo que elas são sempre de uma certa maneira e incapazes de melhorar", diz Daniel Patterson, autor do livro 'The Assertive Parent'.

"Você vive na minha casa, então tem que seguir minhas regras" -

Ameaçar seus filhos provavelmente não é uma boa ideia.

"É melhor fazer o que eu digo, ou então..." -

Em vez disso, explique o motivo pelo qual seus filhos devem fazer algo ou interromper um determinado comportamento. Eles estarão mais propensos a obedecerem se entenderem por que você está pedindo que façam ou parem de fazer algo.

"Garotos / garotas grandes não têm medo" -

Sim, eles podem sim! Todas as crianças (e adultos, nesse caso) têm medo, independentemente da idade. Isso apenas invalida e descarta sua reação emocional.

"Apresse-se e fique pronto" -

A maioria de nós já ouviu isso na infância. É instintivo, mas não funciona porque as crianças ficam estressadas e não têm pressa. Em vez disso, tente dar a seu filho passos específicos sobre o que precisa acontecer a seguir.

"Você é tão preguiçoso" -

Se seus filhos estão sendo "preguiçosos", geralmente há um motivo, às vezes não aparente, para isso. Tente entender a razão da "preguiça" em vez de atacar a autoestima deles.

"Acalme-se" -

"Se elas pudessem, elas fariam! Você nunca pode chegar a uma criança falando para se acalmar em um momento de birra", diz Denise Daniels, especialista em pais e desenvolvimento infantil. Tente manter a calma, valide seus sentimentos e apenas seja paciente.

"Pare de chorar agora" -

As crianças choram para expressar suas emoções, incluindo a frustração. Elas aprendem a regular os sentimentos à medida que envelhecem, mas suprimi-los não é a solução.

"Você é burro, idiota" -

Isso não é apenas depreciativo, mas pode ter um sério impacto na criança. A psicóloga pediátrica Brittany N. Barber Garcia diz que essa frase "não só pode impactar negativamente o humor, a autoestima e a autoconfiança de uma criança como também pode prejudicar seu relacionamento e tornar a criança menos propensa a fazer o que você queria a princípio".

"Tem certeza de que pode fazer isso?" -

As crianças precisam aprender com seus erros. É assim que crescemos como humanos. Intervir o tempo todo fará seus filhos acreditem que são incapazes de realizar certas tarefas e os fará se sentirem dependentes de você.

"Por que você não pode ser mais parecido com seu irmão / irmã?" -

Isso pode alienar uma criança e até prejudicar sua família. Os filhos são indivíduos e sempre serão diferentes e únicos, mesmo quando criados pelas mesmas pessoas da mesma forma.

"Não fique bravo com seu irmão / irmã" -

A raiva é natural. Seus filhos não param de ficar zangados uns com os outros só porque você manda. Você não pode controlar como eles se sentem, então ajude-os a lidar com a forma como reagem aos seus sentimentos.

PORTAL  SBN 

Você acha que o presidente Jair Bolsonaro vence a eleição deste ano?

Não

Sim

Escreva 792 abaixo
Ver resultados

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês