Tônicos capilares: será que funcionam mesmo?

Tônicos capilares: será que funcionam mesmo?
06 setembro 05:30 2021 Imprimir notícia
Estilo de Vida

Tricologista explica sobre a eficácia dos tônicos capilares para tratar queda capilar

O tônico capilar, normalmente, é um produto de permanência, o que é isso? Diferentemente de um shampoo ou de um condicionador que você usa, deixe alguns minutos e enxágua depois, o tônico capilar é aquele que você vai aplicar no couro cabeludo e deixar agir por muitas horas para a ação plena dos seus componentes na região. Existe grande variedade no mercado, mas os tônicos têm uma característica em comum: eles são formulados para resolver problemas capilares, sejam como coadjuvantes para casos graves ou reverter desordens moderadas do couro cabeludo.

A explicação vem das colocações do médico e tricologista Dr Ademir Leite Junior. Ele complementa: “O uso dos tônicos capilares deveriam ser indicações de terapeutas capilares e tricologistas, sobretudo para cuidados com o couro cabeludo e queda capilar, pois um especialista conseguirá modular essas indicações respeitando a individualidade do paciente”.

Sejam eles industrializados ou manipulados, os tônicos capilares vão fazer um trabalho de fora pra dentro, entregando ingredientes para a pele do couro cabeludo, para que aquelas estruturas foliculares, as raízes do cabelo, possam receber estímulos específicos para melhor função capilar.

Para quem é indicado o uso de tônicos capilares

Por sua forma de apresentação, normalmente líquida e fluida, os tônicos auxiliam na entrega de componentes junto as estruturas mais profundas do couro cabeludo. Normalmente, os pacientes com quadro de queda capilar recebem a indicação de tônico, na intenção de melhor função de crescimento capilar.

Tricologista com mais de duas décadas de atuação, Dr Ademir Junior coleciona experiências de consultório onde um comportamento das pacientes costuma ser recorrente:

“É natural que pacientes, principalmente as mulheres, tenham uma certa resistência a esse tipo de produto porque nem todos os tônicos capilares têm na finalização de penteados ou mesmo na aparência dos cabelos pós aplicação a compatibilidade com a expectativa estética. Ás vezes os cabelos ficam duros, difíceis de pentear, sem brilho ou oleosos. É um efeito pós aplicação e que nada interfere na condição do fio, propriamente dito. O que afirmo para elas é que os tônicos, se estão sendo indicados para combater o problema, são essenciais”.

Solidário a esse tipo de reclamação, o especialista aconselha quem possa estar passando por isso: “Converse com o profissional que está cuidando de você para que avalie se ele não tem opções terapêuticas que possam ser mais cosméticas, se adequa e melhor ao seu penteado, a sua forma de cuidar dos cabelos sem deixar de ter o foco no da indicação do uso crônico capilar que é a melhora da saúde do couro cabeludo e a boa entrega de ingredientes pra raiz do cabelo pra fazer com que esse cabelo cresça de uma maneira saudável, de uma maneira bonita, com mais força e da forma como você quer”, completa.

Dr Ademir lamenta que algumas vezes esse inconveniente estético sabote a constância de tratamentos, mas ele reforça que isso não pode abalar a relação do profissional com o paciente, ao contrário. Por ser entusiasta de uma abordagem mais ampla na investigação, diagnóstico e indicações nos tratamentos, ele valoriza o ganho de confiança por parte do paciente na eficiência do produto, por isso, é sempre categórico quanto ao respeito a individualidade de cada paciente para que alinhem as expectativas durante o tratamento.

PORTAL  SBN | Blog O Tricologista

Você acha que o presidente Jair Bolsonaro vence a eleição deste ano?

Não

Sim

Escreva 058 abaixo
Ver resultados

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês